HiPOD Português: 22 abril 2024 
HiRISE Português  •  Arquivo  

Canais na Cratera Hale

Canais na Cratera Hale
No passado, acreditava-se ser muito raro a existência de canais associados a crateras de impacto. Cientistas propuseram diferentes motivos para explicar isso, como impactos por cometas ou precipitação causada pelos impacto. Conforme Marte é fotografada com imagens de alta-resolução, mais crateras circundadas por sistemas de canais estão sendo descobertas.

Os canais nessa imagem de HIRISE são da cratera Hale, uma excepcionalmente bem conservada cratera de impacto com 125x150 quilômetros localizada na borda norte de Argyre Basin e a aproximadamente 170 quilômetros a sudeste.

Os canais mostrados nessa sub-imagem em detalhe têm até 250 metros de diâmetro, embora muitas são muito menores. Os canais parecem emanar diretamente do material ejetado, e foram provavelmente formados pelo impacto. O calor do impacto poderia ter derretido grandes quantidades de gelo no subsolo, e gerado uma avalanche capaz de cavar os canais.

Se uma significante quantidade de água foi liberada ou movida pela formação da cratera Hale, impactos maiores formados durante os primeiros dias do sistema solar podem ter sido capazes de trazer ainda mais água para a superfície de Marte. Se isso é verdade, a longo prazo, um clima estável quente e úmido pode não ser necessário para explicar a presença de canais como esse nas antigas paisagens marcianas.

Tradução: Murilo Marchiori
número: PSP_005609_1470
data de aquisição: 07 outubro 2007
altitude: 254 km

https://uahirise.org/hipod/pt/PSP_005609_1470
NASA/JPL-Caltech/UArizona
#Marte #NASA #ciência #português

Diâmetro da imagem: menos de 5 km (preto e branco) e menos de 1 km (cores reforçadas)