Cordilheiras curvilíneas em Aeolis Mensae
NASA/JPL/Universidade do Arizona
Cordilheiras curvilíneas em Aeolis Mensae
PSP_010533_1755
Inglês  

twitter  •  google+  •  tumblr

FONDO
800
1024
1152
1280
1440
1600
1920
2048
2560

Esta imagem mostra depósitos em camadas erodidos pelo vento em Aeolis Mensae, localizados perto da região vulcânica de Elysium e próximo da fronteira do imponente e altamente esburacado hemisfério sul e das planícies esparçamente esburacadas que cobrem a maior parte do hemisfério norte de Marte.

Aeolis Mensae é bem conhecida por suas características incomuns comumente relacionadas à atividade do vento na superfície do planeta. Várias cordilheiras longas, sinuosas e espalhadas têm sido expostas pela erosão causada pelo vento. Elevadas cordilheiras curvilíneas observadas nesta região, assim como aquelas mostradas aqui, acreditam-se sejam formadoras de canais de fluxo agora preservados em relevo invertido.

Na Terra, relevo invertido ocorre quando, outrora, áreas de terras baixas tornaram-se elevadas por que a depressão original foi preenchida com materiais, como lava, que possui maior resistência à erosão que o terreno circundante. No caso dos canais de fluxo, o leito pode conter grandes rochas e/ou sedimentos que foram cimentados pela precipitação de substâncias químicas misturadas com o fluxo d´água, que permaneceram enquanto o material mais fino foi levado pelo vento. Neste local, o mais provável é que a água que uma vez fluiu através deste canal depositou sedimentos que conseqüentemente encheu o canal e tornou-o cimentado. Ao logo do tempo, o vento erodiu a superfície circundante deixando os canais remanescentes expostos como cordilheiras elevadas e curvilíneas.

Tradução: Milena Vieira de Carvalho
 
Data de aquisição:
25 outubro 2008

Hora de Marte:
3:40 PM

Latitude (geocêntrica):
-5°

Longitude (positiva a Leste):
151°

Altitude da nave espacial:
267 km

Escala original da imagem:
27 cm/pixel (com 1 x 1 binning) e objetos de 80 cm de lado são resolvidos

Escala projetada:
25 cm/pixel

Sistema de projeção:
Equirretangular (e o norte está localizado em alta)

Ângulo de visada:


Ângulo de fase:
59°

Ângulo zenital solar:
58°, e o Sol está localizado 32° acima do horizonte

Longitude solar:
147°, verão do norte

JPEG
Branco e preto
projectado  sem projecção

Cor IRB:
projectado  sem projecção

Cor combinada IRB:
projectado

Cor combinada RGB:
projectado

Cor RGB:
sem projecção

JP2 PARA BAIXAR
Branco e preto:
projectado (1047 MB)

Cor IRB:
projectado (438 MB)

JP2 EXTRAS
Branco e preto:
projectado
(484 MB)
,
sem projecção  (615 MB)

Cor IRB:
projectado  (179 MB)
sem projecção  (438 MB)

Cor combinada IRB:
projectado  (244 MB)

Cor combinada RGB:
projectado  (235 MB)

Cor RGB:
sem projecção  (424 MB)
ETIQUETAS PARA OS PRODUTOS
Branco e preto
Cor
Cor combinada IRB
Cor combinada RGB
Produtos EDR

NB
IRB: infravermelho–vermelho–azul
RGB: vermelho–verde–azul


PRODUTOS FOTOGRÁFICOS
“arraste e solte” para HiView o clique para baixar


POLÍTICA PARA AS IMAGEMS
Todas as imagens deste site não tem limitações de uso. Elas são livres para o público e os meios de communicação. Quando possível, por favor incluir este aviso:
Imagem: NASA/JPL/University of Arizona


ADENDO
O Jet Propulsion Laboratory da NASA consegue a sonda MRO. A câmera foi construída pelo Ball Aerospace & Technologies Corp., e seu funcionamento é realizado pela Universidade do Arizona.