Dunas descongelando na região da Cratera Richardson
NASA/JPL/Universidade do Arizona
Dunas descongelando na região da Cratera Richardson
ESP_012774_1080
Inglês  Espanhol  Francês

twitter  •  google+  •  tumblr

AUDIO
MP3

FONDO
800
1024
1152
1280
1440
1600
1920
2048
2560

Essa imagem mostra uma parte das dunas que se encontram na Cratera Richardson, uma cratera de 55 quilômetros de diâmetro que existe na região polar sul de Marte, e alvo frequente da câmera de HiRISE.

Durante o outono e inverno astral, essas dunas são cobertas por uma capa de gelo e dióxido de carbono, que passa de sólido a gás e vai para a atmosfera quando a temperatura sobe na primavera e no verão.

Essa imagem de cor melhorada mostra o limite entre as dunas que têm sua maior parte coberta com gelo e as dunas que estão mais derretidas. A cor das dunas em Marte pode mudar muito seguindo a estação. O gelo tende a ser muito mais claro nas imagens de Hirise, sobretudo quando se usa um filtro verde-azul, mas a areia da duna na verdade é bem escura.

As listras e os pontos de cor escura sobre as partes cobertas de gelo representam as zonas que estão em processo de degelo. Em algumas zonas, o gelo sublimou. Em outras, uma pequena avalanche de areia ou pó pode ter caído sobre o gelo. Algumas dessas manchas podem ser também lugares onde o gelo tem um tamanho mais grosso, o que o faz relativamente transparente, permitindo-nos ver a areia que existe logo embaixo. Conforme a primavera vai se transformando em verão no hemisfério sul de marte, essas dunas vão se tornando cada vez mais escuras e de uma tonalidade mais avermelhada aos olhos de Hirise.

As dunas das regiões polares de Marte são estudadas tanto pelos cientistas que estão interessados nos efeitos do ciclo de congelamento e fusão, como por aqueles que esperam que o gelo desapareça para estudarem as próprias dunas.

Tradução: Murilo Marchiori
 
Data de aquisição:
17 abril 2009

Hora de Marte:
3:42 PM

Latitude (geocêntrica):
-72°

Longitude (positiva a Leste):
179°

Altitude da nave espacial:
252 km

Escala original da imagem:
51 cm/pixel (com 2 x 2 binning) e objetos de 152 cm de lado são resolvidos

Escala projetada:
50 cm/pixel

Sistema de projeção:
Estereográfica polar

Ângulo de visada:


Ângulo de fase:
65°

Ângulo zenital solar:
57°, e o Sol está localizado 33° acima do horizonte

Longitude solar:
249°, outono do norte

JPEG
Branco e preto
projectado  sem projecção

Cor IRB:
projectado  sem projecção

Cor combinada IRB:
projectado

Cor combinada RGB:
projectado

Cor RGB:
sem projecção

JP2 PARA BAIXAR
Branco e preto:
projectado (219 MB)

Cor IRB:
projectado (104 MB)

JP2 EXTRAS
Branco e preto:
projectado
(96 MB)
,
sem projecção  (141 MB)

Cor IRB:
projectado  (38 MB)
sem projecção  (121 MB)

Cor combinada IRB:
projectado  (216 MB)

Cor combinada RGB:
projectado  (191 MB)

Cor RGB:
sem projecção  (106 MB)
ETIQUETAS PARA OS PRODUTOS
Branco e preto
Cor
Cor combinada IRB
Cor combinada RGB
Produtos EDR

NB
IRB: infravermelho–vermelho–azul
RGB: vermelho–verde–azul


PRODUTOS FOTOGRÁFICOS
“arraste e solte” para HiView o clique para baixar


POLÍTICA PARA AS IMAGEMS
Todas as imagens deste site não tem limitações de uso. Elas são livres para o público e os meios de communicação. Quando possível, por favor incluir este aviso:
Imagem: NASA/JPL/University of Arizona


ADENDO
O Jet Propulsion Laboratory da NASA consegue a sonda MRO. A câmera foi construída pelo Ball Aerospace & Technologies Corp., e seu funcionamento é realizado pela Universidade do Arizona.